I Reunião Extraordinária de Ministros da Educação – Declaração Final

getimage (5)

Responsáveis educativos da CPLP aprovaram na última sexta-feira, em Díli, um pacote de documentos que foram debatidos e aprovados na 1ª Reunião Extraordinária dos Ministros da Educação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Veja aqui a Declaração Final de Díli

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Docente defende mais investimento na formação de professores


Maria-Helena-Miguel-vice-reitora-da-católica-255A professora universitária Maria Helena Miguel defendeu em um evento ocorrido na última sexta-feira, em Luanda, a necessidade de se investir fortemente na formação de professores de língua portuguesa, por formas a dar-lhes maior competência em termos linguísticos e pedagógicos.

A defesa surge na sequência da constatação de algumas debilidades, no domínio da língua portuguesa, em estudantes de distintos níveis de ensino.

Intervindo na apresentação da obra a “Dinâmica da Pronominalização no Português de Luanda”, de sua autoria, a docente advogou a necessidade de se reforçar, a partir da base, a transmissão de conteúdos desta língua, que é a oficial em Angola.

Recomendou a pesquisa linguística para se determinarem os traços distintivos da  língua portuguesa em Angola.

Para a responsável, torna-se preocupante a constatação de falta de domínio da língua portuguesa em estudantes do ensino superior.

Maria Helena, natural da Gabela (Cuanza Sul), é licenciada em linguística portuguesa, pelo Instituto Superior de Ciências de Educação. É autora das obras didácticas “Língua Portuguesa II – Vocabulário” e “Dinâmica da Pronominalização no Português de Luanda”.

Fonte: Angop – Agência Angola Press

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Uma plataforma para professores

Logo PPPLE

O Portal do Professor de Português Língua Estrangeira (PPPLE) é uma plataforma on-line, que tem como objetivo central oferecer à comunidade de professores e interessados em geral, recursos e materiais para o ensino e a aprendizagem do português como língua estrangeira. Para aceder ao PPPLE, clique aqui

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

CONFERÊNCIA DE LITERATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA ABRE 10ª EDIÇÃO DO FESTIVAL PORTUGUÊS DE BOSTON

18727

A conferência Lusophone Women Writers realiza-se no dia 21 de abril de 2015, na Universidade de Massachusetts, Boston. Esta resulta da parceria entre os consulados de Portugal, Brasil e de Cabo Verde, em Boston, e o Centro de Língua Portuguesa/Camões, I.P. na UMass Boston. As escritoras convidadas são Inês Pedrosa, de Portugal, Vera Duarte Pina, de Cabo Verde e Carol Bensimon, do Brasil.

Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Seminário sobre o Plano Estratégico de Cooperação na Educação

getimage (2)O Seminário sobre o “Plano Estratégico de Cooperação Multilateral no Domínio da Educação da CPLP (2015-2020)”, decorreu a 14 de abril, em Díli, Timor-Leste.

O evento contou, na sessão de abertura, com as intervenções do ministro de Estado, Coordenador dos Assuntos Sociais e ministro da Educação de Timor-Leste, Fernando Lasama de Araújo, e do Secretário Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Embaixador Murade Murargy.

Durante os trabalhos, peritos nacionais dos Estados membros da CPLP produziram recomendações ao Plano Estratégico de Cooperação Multilateral no Domínio da Educação da CPLP e respetivo Plano de Ação. Este projecto de plano estratégico contempla propostas de linhas de ação bienais prioritárias em matéria de cooperação multilateral, para o período de 2015-2020, e vai ser submetido a aprovação na I Reunião Extraordinária de Ministros da Educação.

A I Reunião Extraordinária de Ministros da Educação da CPLP vai decorrer sob o lema “CPLP unida em prol de sistemas educativos inclusivos, eficientes e eficazes”, a 17 de abril, em Díli, Timor-Leste.

Esta reunião ministerial vai ser, ainda, precedida pelo Colóquio sobre “Ensino Técnico Profissionalizante na CPLP”, previsto para dia 15, e pela IV Reunião Ordinária dos Pontos Focais de Educação, no dia 16 de abril.

Fonte: CPLP

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

“Boas ideias e melhores práticas” dos Estados membros da CPLP na área da educação serão partilhados em Timor-Leste

Bandeira do Timor“Debater o ensino pela via profissionalizante acaba por ser um desafio que mexe com preconceitos plantados há muito nas nossas sociedades. Temos estado preocupados sobre como transmitir o saber mais (e) muito pouco com o saber fazer”, disse Fernando La Sama de Araújo, Ministro da Educação timorense.

“Formamos muitos jovens que não foram preparados para enfrentar o mundo do trabalho e nunca lhes conferimos instrumentos para enfrentar as dificuldades de adaptação aos novos tempos, sobretudo as realidades de desemprego e da mobilidade”, considerou.

O ministro timorense falava no arranque de um seminário técnico sobre o Plano Estratégico de Cooperação Multilateral no Domínio da Educação da CPLP, que decorre hoje no salão nobre do Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Díli.

Trata-se, explicou, de um momento de partilha de “boas ideias e melhores práticas” dos Estados membros da CPLP sobre uma matéria como a educação, “instrumento essencial para a melhoria de vida dos cidadãos”.

Uma agenda “vasta e ambiciosa” que culminará, disse, com a aprovação de um conjunto de documentos essenciais para a cooperação multilateral, no seio da CPLP, no domínio da educação.

E que assenta no reconhecimento das “semelhanças e especificidades dos sistemas educativos dos nove países” da CPLP, a par da “definição de metas realistas” que permitam a sua implementação.

Entre as ideias na agenda, o Governante saudou a proposta para a criação do Programa “Pessoa”, uma versão lusófona do programa Erasmus.

“Seria interessante acarinhar esta proposta e ajudar a promover a iniciativa de reduzir a distância física entre os nossos povos. Quem melhor do que os jovens promissores dos nossos países para abrirem a porta comum do futuro”, afirmou.]Apesar de não faltarem “boas ideias e projetos interessantes” La Sama de Araújo recordou que “o grande problema da família CPLP” continua a ser a sua implementação, condicionada por fatores como as limitações de recursos materiais e humanos.

Ainda assim, disse, dada a natureza estratégica da educação, a CPLP deve ser capaz de procurar encontrar pontos comuns de trabalho para fazer avançar uma agenda multilateral.

No encontro, onde participa também o secretário executivo da CPLP, o embaixador Murade Murargy, os peritos nacionais dois nove Estados membros do espaço lusófono devem aprovar um conjunto de recomendações sobre o Plano Estratégico de Cooperação Multilateral no Domínio da Educação da CPLP e respetivo Plano de Ação (2015-2020).

Intervindo no arranque do encontro, Murargy recordou a importância da reflexão abrangente para analisar instrumentos estratégicos que ajudem a influenciar a qualidade dos sistemas educativos dos Estados membros.

Reconhecendo a dificuldade de articular as especificidades dos sistemas educativos dos nove estados membros, Murargy considerou que é possível “identificar ações de cooperação multilateral orientadas para resultados concretos com vista à melhoria” da qualidade educativa.

O seminário de hoje marca o arranque de uma semana dedicada ao setor educativo, com vários encontros que culminam, na sexta-feira, com a 1ª Reunião Extraordinária de Ministros da Educação da CPLP, sob o lema fomentar a união da CPLP em defesa de sistemas educativos “inclusivos, eficientes e eficazes”.

Na quarta-feira decorre um colóquio sobre “Ensino Técnico Profissionalizante na CPLP” e na quinta-feira a IV Reunião Ordinária dos Pontos Focais de Educação.

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Delegação da CPLP vai à Guiné Equatorial para ajudar “na plena integração”

CplpO embaixador Murade Murargy, que chegou hoje a Díli para uma visita de seis dias, disse à Lusa que a delegação é liderada pela diretora-geral da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a cabo-verdiana Georgina de Mello, e pela diretora executiva do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), Marisa Mendonça.

Trata-se de uma visita, explicou, que traduz a vontade da CPLP e dos Estados-membros apoiarem “a Guiné Equatorial na sua plena integração”.

Sobre a adesão da Guiné Equatorial – “um facto consumado” – o embaixador disse que os restantes Estados-membros “estão tranquilos” sobre esta matéria e a contribuir “para que a Guiné Equatorial possa integrar-se cada vez mais no seio” da CPLP.

“Todas as questões estão a ser ultrapassadas. Mas não podemos esperar que a Guiné Equatorial, de um momento para o outro, consiga resolver todos os problemas que tem. Que são problemas que os outros países também têm”, disse.

“Acredito que a Guiné Equatorial vai, num espaço curto, bastante considerável, estar em pé de igualdade e integrada na nossa comunidade. Não vejo que haja qualquer problema com isto em nenhum país”, disse.

Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário