Anunciamos que este blogue é um repositório de informações sobre a língua portuguesa, e que os conteúdos não são todos da responsabilidade do IILP.

Aside | Publicado em por

Google Assistant já está a aprender português

googleA Google anunciou, na passada última quarta-feira, que está a trabalhar para tornar o seu assistente pessoal mais inteligente e usar a Língua Portuguesa.

Apesar de não revelar uma data concreta para a chegada do Google Assistant aos utilizadores com o idioma em português,  ficou claro que os primeiros a serem contemplados serão os utilizadores do idioma falado no Brasil, ficando para posterior data os utilizadores do português de Portugal.

O anúncio foi feito pelo Vice-Presidente de pesquisas do Google, Ben Gomes, durante o evento Google for Brasil, realizado em São Paulo.

Segundo a Google, o assistente pessoal será disponibilizado automaticamente para os utilizadores de smartphones com sistema Android nas versões Marshmallow e Nougat.

Fonte: Androidgeek 
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

GUIANA FRANCESA – 9 VAGAS DE ASSISTENTES DE LINGUA PORTUGUESA PARA ESTUDANTES BRASILEIROS (OUTUBRO 2017 — ABRIL 2018)

facAcesse o Facebook do IILP e saiba mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Universidade disponibiliza acervo online com 2500 livros sobre África e Oriente

africaA biblioteca digital da Universidade de Aveiro já permite ler através da internet obras digitalizadas de Angola, Cabo Verde, Goa, Guiné, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor.

A Universidade de Aveiro (Portugal), através do projeto “Memória de África e do Oriente”, tem já online mais de 2500 obras, referentes à história dos países de Língua Portuguesa, durante a administração colonial. O projeto, que existe desde setembro de 1996, é executado pela Universidade de Aveiro e pelo Centro de Estudos sobre África e do Desenvolvimento (CESA) de Lisboa e tem contado com a participação de instituições de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Goa.

Além de registos bibliográficos para orientação de investigadores e curiosos, estão agora disponíveis e com livre acesso obras digitalizadas que vão desde livros da escola primária do tempo colonial, a relatórios de antigos governadores das então colónias e outros documentos oficiais. Entre outras “preciosidades” já digitalizadas contam-se os três volumes da “História Geral de Cabo Verde”, várias obras do cientista e poeta cabo-verdiano João Vário, toda a coleção do Boletim Geral das Colónias, a revista do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa de Bissau Soronda (1986-2009), o Boletim Cultural do Huambo em Angola, e “O Oriente Português”, da responsabilidade da Comissão de Arqueologia da Índia Portuguesa, publicado entre 1905 e 1920 e retomado entre 1931 e 1940.

De acordo com Carlos Sangreman, da Universidade de Aveiro, o projeto “Memória de África e do Oriente” em dezembro atingiu 353.991 registos bibliográficos e 343.819 páginas digitalizadas e a base de dados já vai ser acrescentada. “Temos trabalhado com muitas instituições portuguesas, sendo a última a Biblioteca Nacional que nos disponibilizou 67 mil registos que irão ser colocados na base à medida que formos conseguindo compatibilizar o formato”, esclarece aquele responsável.

O link para acesso: memoria-africa.ua.pt

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Obiang “oferece” universidades da Guiné Equatorial para formar angolanos

Josè Eduardo dos Santos e Teodoro Obiang, em Luanda

Os governos de Angola e da Guiné Equatorial pretendem reforçar a cooperação bilateral nos domínios da formação de quadros na área do transporte, agricultura e pesca, foi anunciado ontem , durante a visita  do Presidente equato-guineense, Teodoro Obiang, a Luanda.

O secretário de Estado dos Assuntos Exteriores e Cooperação da Guiné Equatorial, Domingo Mituy,  informou que a Guiné Equatorial “pode oferecer” a Angola as universidades do país, para formação de quadros. Por sua vez, Angola deve participar no processo de formação de professores para lecionar o português naquele país.

Durante a visita,  Teodoro Obiang foi recebido no palácio presidencial pelo chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, tendo ambos reunido em privado, ao mesmo tempo que delegações ministeriais dos dois países acertavam, em conversações oficiais, novos mecanismos de cooperação.

Em declarações aos jornalistas, a secretária de Estado da Cooperação de Angola, Ângela Bragança, explicou que foi aprovada a criação de uma comissão técnica para avaliar o cumprimento dos oito acordos de cooperação e dois protocolos assinados entre os dois países, em áreas como a defesa, interior, petróleo e ensino superior, entre outros.

Fonte: Rede Angola – foto: [ Francisco Bernardo/JAImagens ]
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior

O Centro Cultural Brasil-São Tomé e Príncipe Informa que a Fundação Biblioteca Nacional torna público que oferecerá apoio financeiro às editoras estrangeiras que desejam traduzir, publicar e distribuir, no exterior, obras de autores brasileiros previamente publicadas no Brasil. 

O edital Programa de Apoio à Tradução e à Publicação de Autores Brasileiros no Exterior contempla editoras estrangeiras e de países de língua portuguesa (CPLP) estará aberto até 2 de maio próximo.

O edital está disponível no https://www.bn.gov.br/…/06…//translation_grant_2015-2017.pdf

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Escritores Moçambicanos no Flipoços

foto-175Uma comitiva de escritores moçambicanos vem ao Brasil para participar do Festival Literário de Poços de Caldas, o Flipoços, que está na 12ª edição e neste ano ocorre entre os dias 29 de abril a 07 de maio no Espaço Cultural da Urca.

Estão confirmadas as presenças de Ungulani Ba Ka Khosa, Paulina Chiziane, Pedro Mbate, Lucílio Mantaje, Sangare Okapi e Dany Wambire. As atividades com os moçambicanos serão todas gratuitas.

A escolha dos autores foi feita pela curadora do encontro e realizadora do Flipoços, Gisele Corrêa Ferreira, que observou, durante bastante tempo, os caminhos da literatura produzida no país africano e como a mesma chega e é lida no Brasil. Com isso, convidou os seis autores cujos nomes protagonizam o encontro e prometem movimentar o cenário também brasileiro, onde várias pesquisas e estudos estão voltados à oralidade e à literatura moçambicana.

Fonte: Catraca
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Fundo Bibliográfico de Língua Portuguesa doa mais de 1400 livros à Biblioteca Provincial da Zambézia

Nataniel Ngomane espera que livros doados ajudem a formar leitores e poetas do calibre de White e Armando Artur

Nataniel NNgomane

 

O Fundo Bibliográfico de Língua Portuguesa (FBLP) foi a Quelimane para doar 1490 livros diversos à Biblioteca Pública Provincial da Zambézia.

Num país com tanta sede de leitura, a ideia de doar os livros à Biblioteca partiu, de acordo com o Presidente do FBLP, Nataniel Ngomane, da constatação de inúmeras sobras de livros que haviam sido disponibilizados à 1ª Edição da Feira Distrital do Livro de Mocuba, que o FBLP realizou em Novembro passado.

A Biblioteca da Zambézia é uma instituição suficientemente concorrida pelos mais diversos leitores, em particular por alunos das escolas primárias e secundárias, além do grande público universitário”, afirmou Ngomane. Mas essa não foi a única razão.

O facto de Zambézia ser, a seguir à Nampula, a província mais populosa de Moçambique, com cerca de cinco milhões de habitantes, de acordo com os dados de 2016 da Delegação Provincial do Instituto Nacional de Estatística na Zambézia, aponta, na percepção do Presidente do FBLP, para uma carência do livro provavelmente maior, em relação às outras províncias, sobretudo quando considerado que 1.564.177 correspondem à população estudantil. “Para uma província com as dimensões geográficas e socioculturais como as que caracterizam a Zambézia, pareceu-nos uma decisão acertada”, sublinhou.

Fonte: O País, por José dos Remédios – texto editado.
Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

OFICINA DE REDAÇÃO PARA PROFESSORES CABO-VERDIANOS

O Embaixador do Brasil em Cabo Verde, José Carlos de Araújo Leitão, participou da sessão de abertura da Oficina de Redação de Texto Argumentativo para professores da rede pública de ensino cabo-verdiana. A atividade é organizada pelo Leitorado Brasileiro Cabo Verde , em parceria com o IILP – Instituto Internacional da Língua Portuguesa e o Ministério da Educação, tendo como principal objetivo explorar técnicas e dinâmicas para o ensino de redação em sala de aula.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte Colaborativa: Embaixada do Brasil em Cabo Verde 

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Oficina de Redação

Cartaz (1)

Image | Publicado em por | Publicar um comentário

Língua portuguesa marca presença em Turim

turistas-e-locais-circulam-pela-via-giuseppe-garibaldi-em-turim-a-quarta-maior-cidade-da-italia-1351196818969_750x500Em Turim, maior cidade da região do Piemonte, na Itália,  a associação portuguesa “Tu cá, tu lá” e uma associação italo-brasileira promovem a língua portuguesa com a realização de cursos para adultos e sessões de leitura para crianças.

Em Turim, onde o interesse pela língua e pela história de Portugal é real, vivem 100 portugueses e mais de dois mil brasileiros. Veja a reportagem, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário