Anunciamos que este blogue é um repositório de informações sobre a língua portuguesa, e que os conteúdos não são todos da responsabilidade do IILP.

Aside | Publicado em por

Encontro de Pontos de Rede de Ensino de Língua Portuguesa na Ásia

images (1)Entre 10 e 12 de Setembro próximo, o IPOR organiza e acolhe um Encontro de Pontos de Rede de Ensino de Língua Portuguesa na Ásia, que reunirá representantes da rede de Ensino de Português no Estrangeiro (EPE), provenientes de Universidades na Coreia do Sul, Índia, Indonésia, República Popular da China, Tailândia e Vietname, bem como docentes do IPOR e de instituições da RAEM.

Centrado em torno de três painéis de discussão (Práticas em sala de aula; Cultura e interculturalidade no ensino de PLE e Materiais didáticos de Português para contextos específicos na região), o Encontro tem como principais objetivos partilhar reflexões e experiências de ensino de PLE nos diferentes contextos e, sobretudo, promover a criação de uma rede que coloque em interação agentes de promoção do Português nestes países, focada no desenvolvimento de projetos e atividades colaborativas.

O Encontro de três dias terá início com a Sessão de Abertura, marcada para dia 10 de setembro, às 09.00h, no Auditório Dr. Stanley Ho, do Consulado-Geral de Portugal em Macau e Hong Kong.  Saiba mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

UNILAB abre inscrições

images (2)

Estão abertas a partir de hoje (01) as inscrições para o Processo Seletivo de Estudantes Estrangeiros 2015 (PSEE) da Universidade Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab).

As inscrições acontecem em duas etapas. A primeira deve ser realizada mediante preenchimento de formulário eletrônico, disponível a partir de hoje (01)  até às 23h59 do dia 11 de setembro de 2015, horário de Fortaleza, disponível no Sistema de Seleção de Estrangeiros (Selest), no endereço eletrônico http://selest.unilab.edu.br/. A segunda fase consiste na entrega de documentos nas Missões Diplomáticas brasileiras em Angola, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor Leste. Saiba mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Etiquetas | Publicar um comentário

IILP promove formação sobre catalogação e tratamento bibliográfico informatizado

O IILP  pretende abrir  a partir do próximo ano, a sua biblioteca e, por essa razão, promoveu durante a semana de 24 a 28 de agosto, uma formação sobre catalogação e tratamento bibliográfico informatizado para funcionários e bolseiros do Instituto e para técnicos e funcionários de várias outras instituições que possuem bibliotecas em Cabo Verde. A formação teve a duração de 12 horas.

A organização da Biblioteca do IILP será feita pelos funcionários do Instituto e pelos Bolseiros contratados para o efeito. Prevê-se que a mesma seja organizada de acordo com as normas em uso em instituições modernas, desta natureza. Com esta organização, o acervo da Biblioteca ficará ligado ao do Centro de Documentação da CPLP, o que constituirá uma mais-valia para quem pretender conhecer o conjunto de obras disponíveis.

O trabalho para a informatização do acervo bibliográfico do IILP terá inicio em setembro e espera-se que até ao fim do ano, a Biblioteca esteja em condições de ser aberta ao público, contribuindo, para a maior oferta de obras disponíveis, ao nível da cidade da Praia.

Conforme a Diretora Executiva do IILP, Marisa Mendonça, “o primeiro objetivo deste projeto é formar recursos humanos, que possibilitem a organização da biblioteca do Instituto, tornando-a um espaço aberto ao público. Penso que no inicio do próximo ano, isto será uma realidade. A biblioteca não será só um espaço de leitura, mas vai também dinamizar atividades sobre a oralidade, a leitura, promovendo a aprendizagem e o contato com a língua portuguesa”.

A formação foi ministrada pela empresa mindPrisma e,  segundo a sua formadora Liliana Rodrigo, “(…) os formandos recebem conceitos básicos do sistema Prisma que oferece instrumentos para  informatizar  uma biblioteca com catalogação e pesquisa em base de dados”.

Aos formandos foram ensinados os conceitos básicos de uma biblioteca, independentemente de qualquer sistema informatizado que possam utilizar. Após a aquisição dos princípios básicos do sistema, os formandos puseram em prática os conhecimentos adquiridos, catalogando diferentes tipos de documentos, desde livros e jornais.

No final da formação, os cursantes receberam um certificado passado pela empresa mindPrisma.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

FESTLIP promove o intercâmbio das artes cênicas entre países que falam a língua portuguesa

FestilipCriado com o objetivo de promover o intercâmbio nas artes cênicas entre os nove países que têm o português como língua oficial, o Festlip – Festival Internacional de Teatro da Língua Portuguesa, começou ontem (26) e segue até o dia 6 de setembro, na cidade do Rio de Janeiro. Brasil.

Em sua sétima edição, o Fest Lip homenageia este ano a atriz moçambicana Manuela Soeiro. Pioneira na área, ela é um dos grandes nomes do teatro de seu país. Com 40 anos de carreira, ela é a fundadora do grupo que abre o festival e autora, juntamente com Mia Couto e Henning Mankell, da peça “Os Meninos de Ninguém”. O espetáculo fala da dura realidade das crianças vítimas da guerra e da miséria nas ruas de Moçambique.

O Festival de Teatro da Língua Portuguesa conta com uma programação gratuita e acontece em alguns pontos da cidade, como o Teatro Sesi, no Centro do Rio, o Oi Futuro, no Flamengo, o Teatro Ipanema, entre outros.
Para acompanhar a programação completa, acesse o site: http://talu.com.br/festlip.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

ACADÉMICA QUER INVESTIGADORES PARA ESTUDAR LÍNGUA PORTUGUESA DE ANGOLA

download (1)A docente universitária Amélia Mingas considerou , no Lubango, ser necessário que os investigadores ligados a área de ciências sociais se interessem pelo estudo profundo da língua portuguesa falada em Angola e rever as metodologias de ensino, na medida em que a mesma está a sofrer outras influências.

Convidada a dissertar o tema “Reflexões sobre a situação sociolinguística de Angola”, no quadro do seminário nacional sobre situação da língua portuguesa em Angola, Amélia Mingas disse que começou a integrar alguns termos angolanos de acordo com ortografia portuguesa.

A académica referiu que foram integrados na língua portuguesa em Angola alguns termos que têm a ver com aspectos culturais, razão pela qual se deve repensar e estudar este fenómeno que tem estado a crescer.

Segundo a docente, durante o período colonial estas palavras angolanizadas não se utilizavam, por isso é importante rever a língua que se fala no país e validar os aspectos positivos.

Amélia Mingas afirmou que estes termos devem se introduzidos nas gramáticas, pois o  angolano tem uma maneira especial de expressar o português.

A linguista destacou  que este processo deve ser idealizado a nível de ensino, passando pela integração de alunos no modo de aprendizagem da língua portuguesa, através da língua materna, ou seja, aquela que as crianças aprendem em casa.

O seminário que terminou ontem,  abordou reflexões sobre a situação sociolinguística de Angola; origem da língua portuguesa – contexto geral e angolano e a língua portuguesa como principal veículo do processo de ensino-aprendizagem.

Estiveram presentes especialistas das províncias de Luanda, Benguela, Lunda-norte, Bié, Namibe, Huambo e Bengo bem como de Portugal.

Fonte: Angoop

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Colóquios da Lusofonia

coloquios da lusofoniaSanta Cruz da Graciosa vai acolher, pela primeira vez, entre 24 e 27 de setembro próximo,  a AICL – Colóquios da Lusofonia.

Em sua 24º  edição,  o colóquio vai contar com a honrosa presença do Prémio Nobel da Paz Dom Ximenes Belo e o escritor Valter Hugo Mãe. Cinco autores açorianos estarão em Santa Cruz para divulgar a pujante literatura de matriz açoriana. Esta literatura tem sido promovida pelos Colóquios desde 2006, com os Cadernos de Estudos Açorianos, a tradução de obras para sete línguas, a publicação de antologias destinados ao currículo regional açoriano. Realce ainda para o Prémio AICL Açorianidade em vários géneros .

Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Miranda do Douro uniformiza designação bilíngue de ruas

 

images (1)

Centro Histórico de Miranda do Douro

A Câmara de Miranda do Douro e a sua Comissão de Toponímia concluíram um processo para que 794 nomes de artérias em 32 aldeias locais passem a identificar-se nos idiomas português e mirandês, uniformizando-se assim um critério seguido pontualmente.

Fonte autárquica disse que este trabalho de registro dos nomes de ruas, largos e outros espaços públicos demorou quatro anos e adiantou que nos próximos dois serão colocadas as respetivas placas bilíngues.

Do trabalho feito resultam designações bilíngues como Ruga de las Carboneiras e Rua das Carvoeiras, Lhargo de ls Dançadores e Largo dos Pauliteiros, Ruga de l Spantalho e Rua do Espantalho ou Caleija de l Barrialto e Travessa do Bairro Alto.

Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário