Anunciamos que este blogue é um repositório de informações sobre a língua portuguesa, e que os conteúdos não são todos da responsabilidade do IILP.

Aside | Publicado em por

Simpósio: “Futuro Português – O futuro da língua portuguesa na Europa”

futuroDe acordo com o Observatório da Emigração, mais de 2,300,000 portugueses vivem atualmente no estrangeiro, a grande maioria residente em países europeus. Este simpósio serve para discutir o futuro da língua portuguesa na Europa, e particularmente nos dois principais países de destino da emigração portuguesa: Reino Unido e França.

O programa científico abordará o panorama atual do ensino do português nas escolas e universidades do Reino Unido e França. Saiba mais, clique aqui

Fonte: Plataforma9

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

União Europeia abre concurso de curtas para PALOP e Timor Leste

palopAngola, Jovens cineastas de Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste podem candidatar-se ao concurso de curtas-metragens aberto pela União Europeia a 10 de Fevereiro e cujo prazo de candidaturas segue até 26 de Março. Saiba mais , clique aqui

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Prêmio Camões para Raduan Nassar

nassarConsiderada a mais importante distinção da Língua Portuguesa, o Prêmio Camões de Literatura foi entregue  ontem(17) de fevereiro, em solenidade no Museu Lasar Segall, em São Paulo, Brasil.

O objetivo do prêmio é consagrar anualmente um autor da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e, na edição 2016, Raduan Nassar foi o grande vencedor.

 O paulista Raduan Nassar, autor de obras célebres como Lavoura Arcaica (1975) e Um Copo de Cólera(1978), é um dos grandes expoentes da literatura brasileira. Nesta edição, o prêmio foi de 100 mil euros.

Em seus agradecimentos, Nassar fez um discurso contundente a respeito da situação política no Brasil.

Criado em 1988, o prêmio foi instituído pelo Protocolo Adicional ao Acordo Cultural entre os governos português e brasileiro, representados, respectivamente, pela Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas/Secretaria de Estado da Cultura (Portugal) e pela Fundação Biblioteca Nacional/MinC (Brasil). De acordo com a diretora do Centro de Difusão e Cooperação da Biblioteca Nacional brasileira, Maria Eduarda Marques, o prêmio é o reconhecimento do grande patrimônio comum que une os países, que é a Língua Portuguesa.
“Brasil e Portugal se uniram para fazer esse prêmio, que já consagrou grandes nomes da literatura brasileira, portuguesa e africana, como João Cabral de Melo Neto, Jorge Amado, José Saramago e Pepetela, entre outros.
Fonte colaborativa: Minc
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Novo mapa estatístico do OM sobre Aprendizagem da Língua Portuguesa

O Observatório das Migrações (OM) lançou neste mês um novo poster estatístico sobre Aprendizagem da Língua Portuguesa por Estrangeiros.

O OM, criado em 2002, integra uma equipa de projeto do Alto Comissariado para as Migrações que tem por missão o estudo e acompanhamento estratégico e científico das migrações e a recolha, análise e difusão de informação estatística acerca das migrações. É também, responsável pela promoção, publicação e lançamento de centenas de estudos e a organização de conferências de grande relevo para a compreensão em Portugal dos fenómenos migratórios.
 Mapa estatístico:
Dados.jpg

Fonte: http://www.om.acm.gov.pt/-/posters-estatisticos

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Revista destaca a língua, a cultura e a literatura em Goa

cover_issue_8675_pt_brA revista Via Atlântica – publicação semestral em formato eletrônico do Programa de Pós-Graduação de Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, Brasil  – chega à sua trigésima edição trazendo um dossiê e uma série de outros textos dedicados à cultura e à literatura de Goa, ex-colônia de Portugal no continente asiático com uma tradição literária “tão vasta quanto esquecida”. Com foco na literatura goesa de língua portuguesa, o volume, lançado no segundo semestre de 2016, é o segundo publicado pela revista dedicado ao tema – o primeiro, de número 19, foi apresentado em 2011. Saiba mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Disseminação do português em Timor-Leste requer soluções mais criativas

escola em timor

Os esforços da disseminação do português em Timor-Leste debatem-se com a discrepância entre o “querer fazer e a capacidade de fazer”, exigindo-se soluções mais criativas para o problema, disse à Lusa o primeiro-ministro timorense.

“Todos querem que a língua portuguesa seja disseminada para todo o país e não são só os líderes. Se falarmos com as famílias elas querem isso. Mas não temos capacidade para fazer isso”, disse Rui Maria de Araújo, numa entrevista à Lusa por ocasião do 2.º aniversário da sua tomada de posse, que se cumpre na quinta-feira.

Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Procura pelo ensino do português aumentou 9% na África do Sul

downloadA procura pelo ensino da língua portuguesa teve um aumento de nove por cento na África do Sul e é expectável que possa continuar a crescer, disse hoje, em Durban, o secretário de Estado das Comunidades.

“Gostaria de sublinhar o facto de o ensino da língua portuguesa na África do Sul ter registado um aumento de nove por cento. Nós tínhamos, no ano letivo 2015-2016, 2.107 alunos e agora temos 2.317 alunos”, declarou José Luís Carneiro à Lusa por telefone desde a África do Sul.

Para o secretário de Estado é “expectável” que esta procura pelo ensino da língua portuguesa ainda possa crescer, “dado que se está a iniciar o ano letivo na África do Sul”.

O secretário de Estado das Comunidades iniciou a sua visita à África do Sul na segunda-feira, tendo já passado pela Cidade do Cabo e agora está na cidade de Durban.

“Pude verificar, na escola onde estudou o nosso escritor Fernando Pessoa, na Durban High School, que há uma grande vontade de continuar a suportar e apoiar os esforços de ensino da língua portuguesa”, afirmou Carneiro.

Fernando Pessoa passou nove anos da sua infância em Durban, na então colónia britânica da África do Sul, onde o seu padrasto era o cônsul de Portugal.

José Luís Carneiro ainda referiu que a Durban High School tem 150 anos de história e há “um culto imenso pela obra, pelo trabalho literário, pelo espírito de Fernando Pessoa, transversal a todas as idades”.

“Pude depositar uma coroa de flores junto do busto (de Fernando Pessoa) que existe em sua homenagem no interior da escola”, disse Carneiro, lembrando ainda que, em novembro de 1995, o então Presidente Mário Soares visitou também a Durban High School.

Fonte: Notícias ao minuto

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Abertura do ensino do português em França traduziu-se em duas contratações

parisOs dados revelam que as escolas francesas contam com 88 professores de português, mais dois do que no ano letivo anterior.

Foi anunciado, no dia 10 de junho de 2016, como “uma oportunidade para os professores de português”, mas o acordo entre o primeiro-ministro, António Costa, e o presidente francês para o ensino da língua portuguesa a todos os alunos das escolas francesas representou a contratação de apenas mais dois professores.

A medida entrou em vigor este ano letivo. O ensino do português passou a ser uma disciplina aberta a todos os alunos e não apenas aos de origem lusófona; a avaliação conta para o boletim escolar e os professores de português foram integrados na equipa pedagógica da escola.

Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

PORTUGUÊS COM AUMENTO DA PROCURA NAS ESCOLAS

estudantesNo corrente ano letivo, 3.757 alunos estão a aprender a Língua Portuguesa em estabelecimentos de ensino não superior de Macau, o que representa um aumento de 243 face a 2015/2016.

A partir deste ano lectivo de 2016/2017, o Governo determinou como “projecto de financiamento prioritário” do Plano de Desenvolvimento das Escolas o ensino de Português de Macau, sendo que mais uma instituição de ensino passou a disponibilizar aulas da língua portuguesa.

A directora dos Serviços de Educação e Juventude (DSEJ) destacou ontem que, neste ano lectivo mais de 30 escolas, incluindo oficiais e particulares, estão a oferecer aulas de Língua Portuguesa, incluindo actividades extracurriculares. Citada pelo jornal de língua chinesa “Exmoo News”, Leong Lai indicou que 3.757 estudantes estão a aprender Português, mais 243 do que no ano lectivo anterior.

Além disso, a responsável da DSEJ adiantou que as escolas têm dado conta de um bom “feedback” em relação ao ensino da Língua Portuguesa, garantindo mesmo que existe muito entusiasmo.

Num documento divulgado em Setembro, o Governo indicou que, ao abrigo do Plano Quinquenal da RAEM, que estabeleceu metas até 2020, será definido um número mínimo de horas para as escolas particulares com cursos de Português. Além disso, o Executivo também anunciou a intenção de reforçar o número de escolas e turmas com esta disciplina por forma a garantir uma “maior generalização da língua” no território.

A directora da DSEJ adiantou ainda pormenores relativamente ao Programa de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Contínuo, alvo de um aumento da taxa de utilização, que se situou na ordem dos 20%. A primeira fase contou com 145.381 participantes e a segunda com 165.711, tendo-se registado um crescimento de 14% nesta fase, face aos registos da primeira etapa.

De acordo com Leong Lai, tanto os estudantes como as organizações apoiam o plano de forma significativa, já que essa taxa é superior a 90%. Por isso, a continuação do plano não está em causa.

Neste contexto, o chefe da Divisão de Extensão Educativa da DSEJ adiantou que a terceira fase do Programa de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Contínuo vai arrancar no final de Abril, mas ainda se encontram a decorrer alguns cursos da etapa anterior.

Em jeito de balanço, Kong Ngai declarou que a segunda fase do programa contou com a participação de mais de 360 instituições, tendo sido aprovados mais de 50.000 cursos.

Apesar dos bons resultados, foram emitidas mais de 2.000 advertências verbais e 500 escritas. Em 23 casos foi necessário abrir processos administrativos e em 11 foi mesmo pedida a intervenção da polícia. No entanto, Kong Ngai salientou que as irregularidades foram poucas.

Relativamente a organizações que oferecem cursos de formação relacionados com a Administração Pública, o mesmo responsável disse que o Governo vai promover conhecimento do público em relação ao funcionamento e organização da Função Pública, mas desencoraja os cidadãos a participarem em aulas no sector privado para que possam fazer o exame de admissão ao sector.

Para a terceira fase do programa está a ser considerada a adição de um plano de prémios, como por exemplo a atribuição de um certificado a quem fizer um curso de línguas ou atingir um certo nível nos cursos de vocacionais de turismo. Por outro lado, poderá passar a ser contabilizada a participação dos alunos nas aulas, através de um sistema electrónico.

Fonte: Jornal de Macau

 

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

rilp-30-anos_capa_v3A Revista Internacional em Língua Portuguesa (Rilp) abriu chamada de artigos científicos para compor suas duas edições deste ano. Poderão ser enviados, até 31 de maio, trabalhos inéditos sobre os temas Ciências da Vida (Saúde) e Biodiversidade.

Editada desde 1989, a publicação passa, a partir deste ano, a ter duas edições anuais, cuja coordenação está a cargo da UFMG e da Universidade de Coimbra (Portugal), no primeiro semestre, e da Universidade de Lúrio (Moçambique) e do Instituto Politécnico de Bragança (Portugal), no segundo. Os artigos devem ser encaminhados para o e-mail RILP@AULP.ORG. As normas de submissão estão disponíveis no site da Revista.

Publicação interdisciplinar da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP), a Rilp trabalha para promover a integração de países da América, Europa e África que têm o português como idioma comum.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário