Anunciamos que este blogue é um repositório de informações sobre a língua portuguesa, e que os conteúdos não são todos da responsabilidade do IILP.

Anúncios
Nota | Publicado em por

ANA MARGARIDA CARVALHO VENCE GRANDE PRÉMIO DA ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ESCRITORES (APE)

Ana Margarida Carvalho

O título de Ana Margarida Carvalho “Não se Pode Morar nos Olhos de Um Gato”, editado pela Teorema em abril de 2016, venceu o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores (APE), anunciou a Associação Portuguesa de Escritores.

Ana Margarida Carvalho, que recebe pela segunda vez o Grande Prémio de Romance e Novela da APE, é finalista do Prémio Oceanos, do Brasil, com esta obra.

“Não se Pode Morar nos Olhos de Um Gato”, título publicado pela Teorema, foi considerado “livro do ano” pelo jornal Público e nomeado para “melhor livro de ficção narrativa” aos Prémios Autores, da Sociedade Portuguesa de Autores, este ano.

Ana Margarida de Carvalho nasceu em Lisboa, é licenciada em Direito e, como jornalista, recebeu, entre outros, os prémios Gazeta Revelação do Clube de Jornalistas de Lisboa, o do Clube de Jornalistas do Porto e o da Casa de Imprensa. 

Ana Margarida de Carvalho junta-se hoje à galeria de autores já distinguidos por duas vezes com o Grande Prémio de Romance e Novela da APE: Agustina Bessa-Luís, Maria Gabriela Llansol, António Lobo Antunes, Vergílio Ferreira e Mário Cláudio.

Fonte: Instituto Camões
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

PRÊMIO OCEANOS 2017 ANUNCIA OS DEZ LIVROS FINALISTAS

A organização do Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa, divulgou os dez livros finalistas da edição 2017 da disputa. A cerimônia de entrega, quando será conhecido o ganhador, deve acontecer no início de dezembro, em São Paulo.

Dos selecionados, há duas obras de poesia portuguesa, dois romances portugueses, quatro romances brasileiros e quatro coletâneas de contos brasileiros (um deles junta narrativa, dramaturgia e poesia). A cerimônia de entrega, quando será conhecido o ganhador, deve acontecer no início de dezembro, em São Paulo.

Veja, abaixo, os dez finalistas do Prêmio Oceanos 2017:

1 – “Anunciações” (Dom Quixote), de Maria Teresa Horta; poesia portuguesa

2 – “Como se estivéssemos em um palimpsesto de putas” (Companhia das Letras), de Elvira Vigna; romance brasileiro

3 – “Golpe de teatro” (Assírio & Alvim), de Helder Moura Pereira; poesia portuguesa

4 – “Karen” (Relógio D’Água), de Ana Teresa Pereira; romance português

5 – “Machado” (Companhia das Letras), de Silviano Santiago; romance brasileiro

6 – “Não se pode morar nos olhos de um gato” (Teorema), de Ana Margarida Carvalho; romance português

7 – “O amor dos homens avulsos” (Companhia das Letras), de Victor Heringer; romance brasileiro

8 – “O conto zero e outras histórias” (Companhia das Letras), de Sérgio Sant’Anna; conto brasileiro

9 – “Simpatia pelo demônio” (Companhia das Letras), de Bernardo Carvalho; romance brasileiro

10 – “Sul” (Editora 34), de Verônica Stigger; conto/dramaturgia/poesia brasileiros

 

Fonte: G1

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

PRÊMIO DE LITERATURA EM LÍNGUA PORTUGUESA

 

Itaú Cultural e Oceanos – Prêmio de Literatura em Língua Portuguesa anunciaram nesta quarta-feira, 18 de outubro, a lista dos dez escritores que irão disputar a final da edição 2017 da iniciativa. 

A seleção foi realizada nesta terça-feira 17, por um júri formado por dois portugueses (a poeta Ana Mafalda Leite e o crítico literário António Guerreiro) e oito brasileiros (as ensaístas Beatriz Resende, Eliane Robert Moraes e Mirna Queiroz, a escritora Maria Esther Maciel, a tradutora e editora Heloisa Jahn e os poetas Eucanaã Ferraz, Ricardo Aleixo e Sérgio Alcides). Os dez eleitos foram escolhidos a partir de uma lista de 51 semifinalistas.

“Os membros do júri destacaram, consensualmente, que a lista de semifinalistas, embora tenha sido resultado de uma avaliação pautada por critérios estritamente literários, acabou por apresentar uma participação igual de mulheres e homens. Os jurados assinalam, ainda, que a lista equilibra autores com trajetória e obras consagradas (incluindo ganhadores do prêmio em edições pregressas, como Silviano Santiago, Sérgio Sant’Anna, Elvira Vigna e Bernardo Carvalho) e autores surgidos recentemente (como Victor Heringer ou Ana Margarida de Carvalho), além de apresentar tanto obras de caráter mais experimental quanto narrativas e poemas que aprofundam gêneros e dicções tradicionais”, ressaltou material de divulgação.

Para conhecer os autores finalistas, clique aqui. 

Fonte: O povo

 

 

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

UNIVERSIDADE NACIONAL TIMORENSE ACOLHE JORNADAS PEDAGÓGICAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

A Universidade Nacional Timor Lorosa’e acolhe hoje e sexta-feira as II Jornadas Pedagógicas do Centro de Língua Portuguesa, onde estão previstos debates sobre língua, literatura e didática e sobre o ensino do português em Timor-Leste.

Durante os dois dias de trabalho estudantes do departamento e convidados de diversas áreas relacionadas com a Educação e a Língua Portuguesa em Timor-Leste partcipam em vários debates temáticos.

Hoje estão na agenda debates sobre o acesso ao cursos superiores e as saídas profissionais e sobre os estudos da língua e ensino do português em Timor-Leste.

Na agenda de sexta-feira estão previstos debates sobre literatura e leitura e sobre o papel do professor como “formador de cidadãos”.

Fonte: DN lusa
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

SANTARÉM ACOLHE SIMPÓSIO MUNDIAL DE ESTUDOS DA LÍNGUA PORTUGUESA COM 1.700 PARTICIPANTES


Cerca de 1.700 estudiosos da língua portuguesa provenientes de vários países dos cinco continentes participam na próxima semana na sexta edição do Simpósio Mundial de Estudos da Língua Portuguesa.

O simpósio que decorre entre os dias 24 e 28 deste mês (de terça a sábado da próxima semana) conta com cerca de 80 eixos temáticos. O evento vai debater temas como literatura, português como segunda língua, linguística, ensino do português, entre muitos outros.

Sob o tema genérico “A união na Diversidade”, o simpósio propõe-se dar espaço à reflexão, à troca de experiências e ao desenvolvimento científico e pedagógico, em torno de “uma língua que evidencia, claramente, matrizes culturais distintas”, o que lhe confere “uma riqueza patrimonial e identitária imensuráveis”, salienta o texto de apresentação do evento.

Além da Comissão Permanente e da Comissão Organizadora, o SIMELP conta com uma Comissão Científica que integra perto de 300 investigadores, na sua maioria do Brasil e de Portugal, mas também de Angola, de Cabo Verde, de Moçambique, da China (muitos deles de instituições do ensino superior de Macau), do Japão, da Coreia do Sul, do Uruguai, da Argentina, de Itália, da Alemanha, de Inglaterra, da Finlândia, de França, de Espanha.

Fonte: DN lusa
Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

ENTRA NO AR NOVO SÍTIO DO MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA

 

Fachada da Estação da Luz

Entrou no ar o novo sítio do Museu da Língua Portuguesa em que estão disponibilizadas as informações sobre a reconstrução de sua sede, no prédio histórico da Estação da Luz, na região central da cidade. O prédio foi destruída por um incêndio em dezembro de 2015.

Na página do museu na internet, o navegador também pode resgatar dados sobre parte das principais exposições promovidas ao longo de sua história e ainda acessar a programação das atividades que passaram a ser itinerantes.

Restauração

A previsão de reabertura do museu é junho de 2019. Neste mês estão sendo concluídos os trabalhos de restauração da fachada e das esquadrias e, ao longo dos próximos 10 meses, serão desenvolvidas obras na cobertura. Para seguir o projeto original da edificação, conforme determinação legal, foram recuperadas madeiras com mais de 70 anos, uma tarefa desempenhada por uma equipe de restauradores, auxiliares de restauro, mestres de carpintaria e mestres estucadores.

Visite o sítio do Museu da Língua Portuguesa aqui.

Fonte: Agência Brasil
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Museu da Língua Portuguesa participa do Festival Que Bom Retiro

Foto de Que Bom Retiro.

De quarta-feira a sábado, entre os dias 18 e 21 de outubro, acontece a segunda edição do Que Bom Retiro, festival multicultural que recheia as ruas do Bom Retiro e da Luz com mais de 40 atividades gratuitas.

No saguão da Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa vai promover atividades lúdicas, com jogos que mostram como as trocas culturais construíram a língua portuguesa. Entre as atividades, está o quebra-cabeças “piquenique de palavras” – que mostra a origem dos nomes dos alimentos e evidencia as influências trazidas pelos imigrantes, tanto estrangeiros quanto de outras regiões do país, que chegaram a São Paulo – e Tupituba, com a influência indígena na formação da língua portuguesa. O espaço também vai exibir informações sobre o Museu e sua reconstrução, atualmente em curso, após o incêndio que o atingiu em dezembro de 2015.

Durante seus dez anos de funcionamento, o Museu da Língua Portuguesa esteve sempre próximo à comunidade dos bairros do Bom Retiro e Luz, com parcerias e atividades culturais e educativas em ações expandidas para além de seus muros, em espaços como o saguão da Estação da Luz e escolas.

Museu está em reconstrução

Primeiro museu totalmente dedicado a um idioma, o Museu da Língua Portuguesa recebeu cerca de 4 milhões de visitantes em 10 anos de funcionamento (2006-2015). Sua concepção celebra a língua como elemento fundador e fundamental da nossa cultura. Experiências interativas, conteúdo audiovisual e ambientação conduziam os visitantes a um mergulho na história da língua portuguesa.
O museu foi atingido por um incêndio em dezembro de 2015 e está em reconstrução. Durante a reconstrução, o acervo do Museu, o patrimônio imaterial da língua portuguesa, continua sendo celebrado por meio de atividades culturais e educativas

Fonte: Catraca Livre
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

Colóquio 150 anos de Eugénio Tavares

A Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa realiza o Colóquio Internacional alusivo ao 150.º aniversário do seu Patrono.
O colóquio tem a sua abertura a 18 de outubro, Dia Nacional da Cultura e Comunidades e conta com a parceria do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas.
Aceda ao convite aqui.

Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

ALBINO CARLOS DESTACA CONTRIBUTO DA LITERATURA

 

Apesar de ainda existir muito caminho para se desbravar, com particular realce para a qualidade, aumento da produção e divulgação das obras, o escritor Albino Carlos afirmou que há melhorias, em todas as vertentes, no mundo das letras angolanas.

Albino Carlos aconselhou a nova geração de autores a engajar-se, quer na perspectiva da melhoria da qualidade das obras quer na obtenção de ferramentas que contribuam para este fim, com destaque para o domínio da língua portuguesa.
Jornalista há 30 anos, o autor tem publicadas, entre outras, as obras “Olhar de Lua Cheia” e “Issunje”. No seu currículo, consta o Prémio Nacional de Cultura e Artes, na categoria de Literatura, em 2014, e o Prémio Literário António Jacinto, conquistado em 2006.

Fonte: Jornal de Angola
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário

“CRESCIMENTO MUITO FORTE” DO PORTUGUÊS

carlos-andre-g

O responsável pelo Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa do Instituto Politécnico de Macau, Carlos André, destacou o crescimento exponencial do ensino da Língua Portuguesa na República Popular da China. O docente defende que cerca de 80 por cento dos alunos chineses que estudam português acabarão por trabalhar em tradução.

“O português esta a crescer muito no Interior da China e nenhum de nós tem a capacidade de prever até quando. Estamos a assistir a um ‘boom’ muito forte no domínio do português, e portanto temos que investir cada vez mais. Em Macau, só o IPM (Instituto Politécnico de Macau) é que faz esse investimento estratégico, sempre voltado para o Interior da China”, recorda o académico. “Os frutos estão a começar a ver-se, mas ainda vamos ter que esperar muito tempo e investir muito para que isto estabilize”, apontou o responsável pelo Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa do Instituto Politécnico de Macau.

Fonte: ponto final
Publicado em Uncategorized | Publicar um comentário