LANÇAMENTO DO LIVRO “O TESOURO DA MENINA DO CUNENE” DE VICTOR HUGO MENDES – 14 DE ABRIL DE 2022

Uma estória ficcionada que inspira não apenas os mais novos, mas também os mais velhos, pelos valores que a obra encerra, é a mais recente obra de Victor Hugo Mendes. “O tesouro da menina do Cunene” será lançado no dia 14 de abril, às 16 horas, no auditório da UCCLA.

Com a chancela da Caneta de Estilo, o livro – que traz um questionário e outros elementos que prometem surpreender – será apresentado pelo próprio autor. O momento será de filhos e de pais, de familiares e de amigos, mas será certamente um momento para refletir sobre a leitura, os livros da nossa vida e o desenvolvimento das sociedades.

Sinopse do livro:
Este é um livro com 48 páginas que conta a estória ficcionada de uma adolescente da região sul de Angola, zona muito rica e com tradição na criação de gado, e onde muitas são as crianças que por causa disso, não frequentam a escola. Ora, essa menina, quebra muitos dos elementares paradigmas daquela sociedade e dá um exemplo de coragem e amor abraçando o conhecimento por via dos livros e realiza um sonho nunca antes ninguém tinha ousado tentar.
Na companhia de uma amiga Nauficu faz vibrar a energia familiar depois de perder o seu avô que, para ela, era um farol para vida.


Biografia do autor:
Victor Hugo Mendes nasceu em novembro de 1982, em Malanje, Angola. Jornalista, apresentador de televisão e autor de “O meu livro de pensamentos” (2013), “Face 69” (2015), “Tchiwekinha o menino vencedor” (2016), “Palavras na lavra” (2020) e agora “O tesouro da menina do Cunene”. Começou o seu trabalho aos 14 anos de idade.
Com uma carreira bem sucedida e exemplar, por ter chegado aonde chegou por mérito, conta com a passagem pela Rádio Ecclesia – Emissora Católica de Angola, Rádio Luanda e uma colaboração na Rádio Namibia 99.0 enquanto estudante de Inglês naquele país e foi colaborador da Rádio MFM Angola.
Trabalhou como apresentador no Canal 2 da TPA, foi apresentador do programa Janela aberta no Canal 1 da TPA, passou pela TV Zimbo e também pela Zap e actualmente é jornalista na RTP África onde apresenta e produz o programa tem a palavra.
Por amar a leitura, foi o único apresentador de televisão que sugeria diariamente um livro no seu programa em directo e, por força desse hábito de ler e convidar a ler, criou em março de 2013 a VHM Livraria em Viana.
A sua frase mais conhecida e muito usada é: quem lê um livro nunca mais é a mesma pessoa!

Fonte: UCCLA

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s