LÍNGUA PORTUGUESA: DISCURSOS DIRETO, INDIRETO E INDIRETO LIVRE

Como distinguir discurso direto, indireto e indireto livre | Guia do  Estudante

Na Língua Portuguesa as formas textuais variam de acordo com a intenção do autor e do modo como ele deseja apresentar suas ideias através da fala dos personagens. A isso chamamos de discurso. Um discurso é qualquer construção textual, seja oral ou escrita. Existem pelo menos 3 tipos conhecidos de discordo que são usados num texto narrativo: o discurso direto, o discurso indireto e o discurso indireto livre.

Questões sobre esse tema são comuns nos vestibulares e nos concursos. Desse modo, dominar esse conteúdo pode ser um diferencial na hora da sua aprovação. Veja agora as principais diferenças entre os modelos de discurso.

Como funcionam?

O discurso direto é aquele em que o narrador apresenta a fala dos personagens na íntegra. É uma citação literal de um diálogo. Sendo assim, através da leitura, é possível descobrir as característica de cada personagem. Nesses casos, a narração é suspensa e há um introdução de fala geralmente feita através verbos declarativos ou o uso do travessão e das aspas.

discurso indireto, por sua vez, é aquele que o narrador descreve a fala dos personagens. Nesse caso, não há representação literal dos diálogos, o que ocorre é uma narração indireta do que aconteceu na história. Sendo assim, não é possível identificar as características pessoais de cada interlocutor, como sotaques ou gírias.

O discurso indireto livre é a junção de dois tipos de discurso em uma mesma oração. Sendo assim, o narrador representa fielmente o diálogo entre os personagens ao mesmo tempo que narra de modo indireto o que aconteceu.

As pontuações são devidamente empregadas, mas não há separação nas falas, ou seja, o diálogo do personagem é incorporado ao discurso do narrador. Esse tipo de texto aproxima a história e o narrador, que, desse modo, passa também a expor seus aspectos psicológicos na história.


Fonte: Notícias Concursos

Imagem: Guia do Estudante

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s