OVÍDIO MARTINS É HOMENAGEADO NO IILP

O Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) acolheu mais uma sessão de homenagem a escritores cabo-verdianos. No passado dia 07 de novembro, a Academia Cabo-Verdiana de Letras (ACL) e a Fundação Amílcar Cabral prestaram o seu tributo a Ovídio Martins.

DSC07971.JPG

A Cerimómia contou com a apresentação da vida e obra do escritor, proferida pelo Dr. Daniel Medina, e várias declamações de poesia da autoria do poeta, por membros da ACL.

Importa sublinhar que Ovídio Sousa Martins nasceu em São Vicente, Cabo Verde, em 1928, foi poeta, músico e ativista. Desde muito cedo se distinguiu entre os jovens da sua idade, pela sua personalidade reservada e pelo seu amor aos livros, à música e às artes.

O seu envolvimento em atividades de promoção da independência valeu-lhe a pena de prisão e o exílio nos Países Baixos. Dois poemas seus: “Flagelados do Vento Leste” e “Comunhão”, encontram-se no CD Poesia de Cabo Verde e sete poemas de Sebastião da Gama, de Afonso Dias. Ovídio Martins é autor de “Caminhada”, 1962; “100 poemas – Gritarei, Berrarei, Matarei – Não vou para pasárgada”, 1973 e “Tchutchinha”, 1962.

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s