ALUNOS DOS EUA PODEM OBTER CRÉDITOS COM EXAME DE PORTUGUÊS

Os alunos falantes de português nos Estados Unidos da América (EUA) podem inscrever-se até 31 de março ao exame ‘online’ NEWL (National Examinations in World Languages) para somarem créditos de acesso ao ensino superior.

Alunos dos EUA podem obter créditos com exame de português


E
m comunicado, a embaixada de Portugal nos EUA refere que os exames são realizados a 02 de maio ou, na segunda fase, a 21 de maio.

Os NEWL são exames realizados em computadores, onde os examinados escrevem e gravam respostas faladas, para que seja avaliada a proficiência e conhecimento dos alunos a partir do 9.º ano de escolaridade, ou com idades a partir dos 14 anos, em línguas estrangeiras (português, árabe coreano ou russo) cujos resultados revertem em créditos para a sua candidatura a instituições de ensino superior nos EUA.

Os NEWL em português foram instituídos nos EUA em 2017 e, em 2018, foram realizados por 215 estudantes, um número de participações “bom” para primeiras experiências, segundo dados adiantados à Lusa pelo coordenador do ensino de Português nos EUA, João Caixinha.

O objetivo da divulgação destes exames é “que a língua portuguesa se integre cada vez mais nos currículos e que seja reconhecida pelas entidades de ensino americanas”, segundo o coordenador.

Os NEWL têm quatro subcapítulos, com uma duração total de três horas, e classificam o nível de conhecimento escrito e oral dos examinados entre nível A1 – elementar e B1 — intermédio.

Os alunos interessados devem encontrar um estabelecimento devidamente preparado para acolher os exames NEWL (com computadores, internet, auriculares e microfones) e pagar 53 dólares (46 euros), no caso de terem assistência financeira escolar, ou 94 dólares (82 euros), no caso de não terem necessidades financeiras comprovadas.

Os alunos portugueses ou luso-americanos podem recorrer à ajuda disponibilizada pelo Instituto Camões para estes exames, que tem uma verba total de dois mil euros para apoiar os custos de inscrição no NEWL.

Nos EUA existem cerca de 18 mil alunos a aprender português nas escolas, segundo João Caixinha, coordenador do ensino de Português nos EUA.

Os responsáveis portugueses nos Estados Unidos querem mais adesão dos alunos aos NEWL, para que a língua portuguesa seja reconhecida em mais escolas e universidades, nomeadamente também no Estado da Califórnia.

Os exames são preparados com cooperação de governos de países de língua oficial portuguesa que gerem embaixadas ou têm representação diplomática nos Estados Unidos, como o Brasil, Cabo Verde e outros.

A realização deste tipo de exames em português, desde 2017, representa “uma conquista” para as embaixadas e organizações de língua portuguesa nos EUA, porque, segundo João Caixinha, obrigaram a “um esforço conjunto” para demonstrar que os custos da implementação dos exames NEWL em português seriam viáveis.

Os exames NEWL são desenvolvidos pelos Conselhos Americanos para a Educação Internacional, uma organização sem fins lucrativos para a criação de experiências educativas nos EUA, com parceiros de vários países da América, África, Ásia e Europa.


Fonte: Notícias ao minuto

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s