INTERESSE PELO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA É CRESCENTE NA VENEZUELA

Interesse pelo ensino da língua portuguesa é crescente na Venezuela

“É a primeira vez que estou na Venezuela (…) Tenho tido a oportunidade de constatar o interesse crescente pela língua portuguesa, que nós no Camões tentamos incentivar a dois níveis. Em primeiro lugar o ensino da língua a nível de herança à nossa diáspora que vive neste país e em segundo lugar o ensino da língua portuguesa enquanto língua estrangeira”, disse Luís Faro Ramos.

Em declarações à agência Lusa, explicou que nesse contexto assinou “um protocolo com a Universidade de Carabobo para a formação de professores à distância, portanto utilizando as novas tecnologias, os recursos que a Universidade de Carabobo dispõe e utilizando também a nossa coordenação (local) do ensino que tem tido um papel muito motivador”.

“Utilizando estes instrumentos esperamos potenciar ainda mais a formação de professores de língua portuguesa neste país”, frisou.

Por outro lado, explicou que esteve na Universidade Pedagógica Experimental Libertador (UPEL), em Maracay, onde teve a oportunidade “também de constatar o interesse crescente” pela língua portuguesa.

“A UPEL é a única instituição pública do ensino superior, venezuelana que forma professores, no âmbito de um protocolo que foi assinado em 2016. Já estão, neste momento estudantes nessa área e espera-se que agora as inscrições para o próximo ano letivo sejam muito concorridas e tenham bastantes pessoas interessadas em aprender a nossa língua para formarem outros e esse é o futuro, esperamos, aqui na Venezuela”, disse.

Luis Faro Ramos acrescentou que a partir de setembro as autoridades venezuelanas vão integrar o ensino da língua portuguesa no currículo das suas escolas públicas.

“Esse é um passo, do nosso ponto de vista, importantíssimo para a afirmação da nossa língua na Venezuela e portanto estamos muito satisfeitos”, concluiu o presidente do Instituto Camões.


Fonte: Dnotícias

Anúncios

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s