ABRAÃO VICENTE, ARMÉNIO VIEIRA E JOSÉ LUÍS TAVARES NO ENCONTRO LITERÁRIO “CORRENTES D’ESCRITA” EM PORTUGAL

Abraão Vicente
Abraão Vicente, Arménio Vieira e José Luís Tavares são os convidados da 19ª edição do festival literário “Correntes d’Escritas” que decorre de 21 a 24 de Fevereiro em Póvoa de Varzim, Portugal.

Arménio Vieira faz parte da primeira mesa de debate sob o tema “Hoje são estas as palavras, amanhã não sei”, que aconteceu na quarta-feira, 21, dividindo-a com Ana Luísa Amaral, Fernando Pinto Amaral, Filipa Leal e Maria Antónia Palla.

Já o Ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, participa na mesa “Escrever é um acaso de circunstâncias”, juntamente com Alberto S. Santos, Hugo Mezena, Isabel Rio Novo e Miguel Real, hoje, e José Luís Tavares da mesa “Entre mim e a escrita, o purgatório”, amanhã, junto com Alicia Kopf, Daniel Jonas, Luís Sepúlveda e Onésimo Teotónio Almeida.

Este é um festival que se realiza anualmente e celebra a escrita em língua portuguesa e espanhola, e realiza-se sempre no mês de Fevereiro, e acolhe escritores provenientes da Península Ibérica, América Central e sul e da África Lusófona.

O evento conta com a participação de mais de 80 escritores de 14 nacionalidades e diferentes geografias de línguas hispânicas e portuguesas e com o lançamento de 14 livros.

Ao todo, serão realizadas 11 mesas redondas, que incluem debates sobre escrita, tradução, literatura e outros temas, no Cine-Teatro Garrett, Póvoa do Varzim.

Ao longo dos três dias serão debatidos temas como “Hoje são estas as palavras, amanhã não sei”, “Escrever para não salvar o mundo”, “O que escrevo atormenta o que sou”, “Escrevo para me desacorrentar da verdade”, “Imparcialidade da escrita” e “Entre mim e a escrita, o purgatório”.

O festival arrancou com o anúncio do vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa e a habitual conferência inaugural, com o escritor brasileiro Ignacio de Loyola Brandão.


Fonte: Expresso das Ilhas

 

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s