LÍNGUA VALE 17% DO PIB, ECONOMIA E UNIVERSIDADES DEVEM PROMOVÊ-LA

Resultado de imagem para Língua vale 17% do PIBFonte: Textofaz

A língua portuguesa vale 17 por cento do Produto Interno Bruto, disse hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros, que apelou ao envolvimento do setor económico e das universidades na promoção do português como “uma das línguas globais de hoje”.

“As primeiras estimativas sobre o cálculo do valor económico da língua portuguesa indicam que vale qualquer coisa como 17% do nosso produto. Temos de passar desse conhecimento para a ação e uma consequência óbvia é interessar a economia, as universidades, outros agentes, nesta promoção conjunta da língua portuguesa”, destacou hoje Augusto Santos Silva, na cerimónia de posse do novo presidente do Camões — Instituto da Cooperação e da Língua, Luís Faro Ramos.

Ressalvando que o Camões “não tem o monopólio, nem deveria ter, da promoção da língua portuguesa e das culturas de língua portuguesa”, Santos Silva destacou que este organismo, que tutela, é “o agente principal de promoção internacional do português, das literaturas e das culturas de língua portuguesa”.

O “objetivo essencial” é, destacou, “promover o português como uma das grandes línguas globais de hoje”.

Fonte: D.N

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s