FEIRA DO LIVRO LEVA A PARTIR DE HOJE O MUNDO A MAPUTO, ESCRITO EM PORTUGUÊS

“Não há dúvida que temos influência dos países vizinhos, anglófonos, e isso permite-nos comunicar com eles, mas não há risco de o Português perder o seu lugar, tanto que nesses países vizinhos existem escolas de Português”, referiu Aldino Muianga, escritor moçambicano, em declarações à Lusa.

“Estou a viver na África do Sul há bastante tempo e tenho participado em encontros de divulgação da língua portuguesa. E no Zimbabué, idem aspas”, acrescentou.

Mesmo que Moçambique consiga valorizar as suas línguas locais, Muianga acredita que tal será feito “no sentido de valorizar o património local, não significa que rejeitemos a língua portuguesa como instrumento, de forma alguma”.

João Tordo, vencedor do Prémio José Saramago em 2009 com a obra “As três vidas” está pela primeira vez em Moçambique a convite do Camões – Centro Cultural Português para participar em iniciativas ligadas à feira hoje inaugurada.

Leia mais.

Anúncios

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s