IPM quer continuar a formar intérpretes de alta qualidade

Foi realizado em Macau, a 6ª edição do Seminário de Formação de Interpretação Consecutiva, fruto de uma parceria firmada em 2006 entre o Instituto Politécnico de Macau (IPM) e a União Europeia (UE).

Etelvina Rocha Gaspar, coordenadora intérprete da Direção-Geral de Interpretação da Comissão Europeia, referiu que foram assinados novos acordos entre as duas instituições permitindo reforçar a cooperação bilateral noutras matérias.

Segundo o presidente do IPM, Lei Heong Iok, só se conseguirá “desenvolver” a plataforma entre Macau e os países lusófonos caso se continue a “aumentar o nível de exigência” e de qualidade do Português praticado pelos intérpretes.

Fonte: JTM

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s