Em São Paulo, refugiados poderão aprender português

images (2)O Ministério da Educação  do Brasil (MEC) , em parceria com o Ministério da Justiça e da Prefeitura de São Paulo, oferecerá 200 vagas para cursos de língua portuguesa e cultura brasileira para refugiados na capital paulista, um dos principais destinos de imigrantes no Brasil. Com o tempo, o curso será ampliado para outras cidades do País.

A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e conta com organização do CONARE, da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) e da Secretaria Municipal de Direitos Humanos de São Paulo.

Os candidatos serão organizados em 7 turmas noturnas, que terão aulas no período de fevereiro a maio de 2016, em escolas da rede municipal de São Paulo. Os interessados em participar do programa deverão comparecer ao Centro de Referência e Acolhida para Imigrantes (Crai), no bairro da Bela Vista (Rua Japurá, 2345), entre os dias 3 e 12 de dezembro. Atualmente, só serão ofertados cursos de nível básico da língua

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s