Uma nova biblioteca de livros digitais, sobre cidadania e direitos humanos.

Biblioteca DigitalO Observatório da Língua Portuguesa criou uma biblioteca de livros digitais, sobre cidadania e direitos humanos, destinada sobretudo a crianças e jovens, capitalizando as competências deles no mundo digital.

A biblioteca digital, que está já online e é de acesso livre, arranca com  15 livros, alguns álbuns ilustrados, em formato digital, repartidos para diferentes grupos etários, e cujas narrativas abordam temas como igualdade de género, tolerância, racismo e xenofobia.

Cada livro tem associado o respectivo audiolivro, a contracapa apresenta os temas abordados e são ainda sugeridas propostas de actividades para professores e educadores.

O portal  inclui ainda depoimentos dos escritores que cederam os direitos das obras escolhidas para integrarem esta biblioteca digital.

Entre os livros já disponibilizados estão, por exemplo, “Meninos de todas as cores”, de Luísa Ducla Soares, “Os amores de Lelé e Capilé”, de Carlos Correia, “As rainhas magas”, de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada, “Campos de lágrimas”, de José Jorge Letria, e “Se só houvesse uma letra”, de Inês Pupo. Acesse a biblioteca em bibliotecalivrosdigitais.observalinguaportuguesa.org

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s