Procura pelas aulas de português está a crescer no Centro Cultural Brasileiro de Bissau

Bandeira-da-Guiné-BissauA procura pelas aulas de português no Centro Cultural Brasileiro, em Bissau, “está a crescer” e no novo ano letivo estão inscritos quase mil alunos nos diferentes graus de ensino, disse à agência Lusa André Oliveira, diretor da instituição.

A maioria dos guineenses que procura as aulas é jovem e tem “alguma insegurança em falar português”, pelo que procura o Centro para “tentar completar” lacunas deixadas pelo ensino regular, explicou André Oliveira.

Outros têm a expetativa de que, dominando o português, terão mais facilidade em ingressar no mercado de trabalho do que falando apenas crioulo.

André Oliveira, 30 anos, nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, onde viveu até aos 23 anos, altura em que se mudou para Portugal para se licenciar em Geografia.

O trabalho com ações de voluntariado levou-o até São Tomé e Príncipe, depois exerceu outras atividades profissionais em Angola e Cabo Verde até se radicar em Bissau.

De país para país, “cada um preserva o seu regionalismo” ao nível da língua, mas “todos convivem” com a mesma base da língua portuguesa, concluiu.

Fonte:Diário Digital com LFO // VM – Lusa

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s