Instituto Português do Oriente comemora 25 anos com grande exposição

images (4)O Instituto Português do Oriente (IPOR) inaugura a 05 de maio a exposição comemorativa do seu 25.º aniversário, cerimónia em que será lançado o guia de conversação chinês-português, disse à Lusa o diretor da instituição, João Neves.

De acordo com o mesmo responsável, volvidos 25 anos sobre a criação do IPOR, em 1989, a iniciativa visa “reconstituir esse percurso e o papel ativo que a instituição tem assumido “, numa apresentação reunida em 25 cartazes “que reforçam também a sua própria memória institucional”.

“A exposição reúne informação essencial da vida do IPOR, vincando a sua ação na difusão da língua portuguesa como instrumento de promoção das relações culturais, económicas e de cooperação entre Macau e Portugal, mas também na afirmação de Macau como ponto de encontro de culturas e plataforma entre a República Popular da China e os Países de Língua Portuguesa”, explicou João Neves.

O diretor do IPOR salientou, por isso, o lançamento do guia de conversação, uma “ferramenta que se associa a essa projeção de Macau como centro de serviços para a Língua Portuguesa” e no dia em que se assinala o Dia da Língua Portuguesa.

A exposição, em português e chinês, será inaugurada pelo Secretário dos Assuntos Sociais e Cultura, Alexis Tam, e contará com a presença de antigos dirigentes da instituição, como Anabela Ritchie, a primeira Presidente do IPOR, para além de representantes dos associados.

O Instituto Português do Oriente é uma instituição de carácter associativo com sede em Macau, que tem como associados fundadores o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua e a Fundação Oriente e como associados ordinários o Banco Nacional Ultramarino, a Sociedade de Turismo e Diversões de MAcau, a Hovione Farmacêutica e a EDP.

Nos seus estatutos, o IPOR tem como missão o ensino da língua e a divulgação da cultura portuguesas quer na atual Região Administrativa Especial de Macau, quer na região asiática.

O IPOR fechou o ano de 2014 com mais de 2.500 horas de formação específica em língua portuguesa prestadas a cerca de 1.400 quadros da Administração, empresas e estudantes.

Além disso teve ainda 2.086 formandos que frequentaram os cursos de língua nos diversos níveis oferecidos pela instituição e participou em cerca de 60 intervenções realizadas no domínio da promoção cultural.

Fonte: Notícias ao minuto

Anúncios

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s