– UP E IILP ASSINAM ACORDO PARA DIFUNDIR A LÍNGUA PORTUGUESA

 

unnamedA Universidade Pedagógica de Moçambique e o Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) assinaram na tarde de ontem(26) em Maputo, um protocolo que visa difundir a internacionalização da língua portuguesa, baseando-se na diversidade cultural dos falantes.

O protocolo, que foi rubricado pelo reitor da UP, Rogério Uthui, e a diretora executiva do IILP, Marisa Mendonça, tem como principal objetivo tornar o português uma língua dialetizada, ou seja, cada país falante poderá incluir no léxico padrão, alguns termos locais, como forma de firmar o casamento entre a língua e a cultura.

Uthui disse durante o encontro, que com a assinatura do protocolo, as duas instituições irão desenvolver parcerias para a implementação científica, tecnológica e cultural do novo modelo de linguagem que, atualmente, aguarda a legalização pela Assembleia da República (AR), o parlamento moçambicano.

‟Tendo em conta que a nossa instituição tem cerca de 60 por cento dos seus estudantes a se formarem para abraçar a carreira de professor, acreditamos que estamos capacitados em termos de recursos humanos para continuar com o estudo ligado as formas de difusão da língua portuguesa”, afirmou Uthui.

unnamed (3)Por seu turno, a diretora do IILP, manifestou a sua satisfação com a efetivação do acordo, reconhecendo o papel da UP na transmissão do conhecimento científico.

A UP é uma instituição de cobertura nacional, em Moçambique, e tem recursos humanos capacitados para realizar, com o IILP, uma série de ações a serem planificadas, conjuntamente. Estamos a trabalhar na formação de recursos humanos na UP e com a UP para o exercício de diversificação da língua, como forma de trazer não só a versão de Portugal e do Brasil, mas também de todos os membros da CPLP e novos países integrantes’’, disse Mendonça.

Importa referir que a UP oferece, por exemplo, dois Mestrados inovadores em África, em Tradução e Interpretação de Conferência, que constituem oportunidades de formação de especialistas nessas áreas, que garantem, ainda que parcialmente, a tradução e interpretação de conferência de e para a Língua Portuguesa.

‘’Caso se aprove o projeto submetido a AR, Moçambique poderá oficializar no seu léxico, palavras faladas a nível local, o que deverá acontecer com todos os integrantes da CPLP.

Fonte colaborativa: Sapo

Anúncios

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s