30ª Feira do Livro de Gotemburgo

10712865_571517129620222_8940109449252847576_nDurante a abertura da 30ª Feira do Livro de Gotemburgo, na Suécia, na última quinta-feira (25/9), o presidente da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Renato Lessa, representando a ministra da Cultura do Brasil, Marta Suplicy, defendeu a internacionalização da literatura brasileira. Ele ressaltou a importância da cooperação entre países para além dos setores econômicos, comerciais e de interesse geopolítico.

“Parece-me vital investir naquilo que poderia ser designado como um padrão de interdependência imaterial, baseado em programas e ações no campo da cultura, da arte e do pensamento “, afirmou. O presidente disse ainda que a internacionalização deve ser entendida de forma dupla: como a divulgação de uma história particular, mas também como algo a ser acrescentado e compartilhado com toda a humanidade.

Com o objetivo de incentivar a internacionalização da literatura, o Ministério da Cultura (MinC) garantiu a participação brasileira em eventos fora do país de grande relevância na área. Exemplo disso foram as feiras de Frankfurt e Bolonha, que ocorreram em 2013, e o Salão de Paris, previsto para 2015. Outra iniciativa na área é o programa da FBN de apoio à tradução e publicação de autores brasileiros no exterior.

A feira do Livro de Gotemburgo segue até domingo (28/9) e tem o Brasil como país homenageado. Durante os quatro dias de feira, 14 autores brasileiros farão parte do evento. Entre eles, Vanessa Barbara, Michel Laub e Daniel Galera, considerados os mais promissores escritores da literatura brasileira em 2012. Na programação, estão previstos mais de 400 seminários, 57 deles com participantes de fora da Escandinávia.

A primeira edição da feira aconteceu em 1985 e contou com cerca de 5 mil visitantes. Desde então, o número aumentou e chegou, nos últimos anos, a 100 mil. Aproximadamente 1,4 mil jornalistas fazem a cobertura. O evento, realizado anualmente, é considerado importante para o mercado editorial.  No ano passado, a Romênia foi o país homenageado.

Fonte: Ministério da Cultura do Brasil
Anúncios

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s