Os Pomeranos Reivindicam 5 Ações Prioritárias ao Governo Brasileiro

Jorge Kuster Jacob, representante dos pomeranos

O representante dos pomeranos na 16ª Reunião Ordinária da Comissão Nacional de Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais que aconteceu em Brasília de 17 a 20 de maio no Auditório do Mistério do Desenvolvimento Social e Agrário/MDA, Jorge Kuster Jacob, fez 5 reivindicações prioritárias entre as 25 construídas no
inicio dos trabalhos desta comissão nacional, ainda na época do Governo Lula.
Diversos povos e comunidades tradicionais já obtiveram conquistas. Os pomeranos conseguiram reverter um lei do Governo Fernando Henrique que criava a Reserva Florestal dos Pontões Capixaba que expulsava 5 mil pomeranos numa área preservada por mais de 130 anos. Hoje os pomeranos têm um reconhecimento e 25 ações que envolvem todos os povos ecomunidades tradicionais, entre eles os pomeranos.

A comissão ajudou o governo federal a construir diversos editais que hoje contemplam os pomeranos.  Só através de editais, os pomeranos e suas comunidades já receberam mais de R$ 500.00,00 (quinhentos mil reais) desde a época de criação da comissão em 2008. –“Infelizmente nos principais projetosque propomos ao Governo Federal ainda não fomos atendidos. Mas houve avanços. O reconhecimento do povo pomerano na estrutura do governo federal como pelos outros   próprios povos que nem se conheciam. Outra conquista dos pomeranos foi a transformação do polêmico Parque Nacional dos Pontôes Capixaba de Pancas que expulsava 5 mil pomeranos de suas terras em Monumento Natural.” – disse Jorge.

Nesse 16ª Reunião da comissão houve uma participação da presidência e outros órgãos do Governo Federal. A representação dos pomeranos encaminhou 5 prioridades para fortalecer a tradição e a cultura pomerana no Espírito Santo, parte de Minas Gerais e parte de Rondônia.
A primeira dela são recursos para manter o Programa de Educação Pomerana/PROEPO que já acontece em 5 municípios e ampliar para mais 3 municípios de forte presença pomerana.  A segunda solicitação dos pomeranos recursos para manter 7 eventos Culturais pomeranos em 7
municípios do Espírito Santo.  O terceiro projeto são recursos para manter o trabalho de prevenção do câncer dermatológico do Albergue Martin Lutero. A quarta solicitação são oficinas culturais pomeranas para 11 municípios pomeranos  e a ultima solicitação é a aquisição do tradicional brote para merenda escolar de 11 municípios pomeranos.

“Estamos solicitando ao governo que essas ações sejam colocadas nos orçamentos da união. Até o momento os pomeranos ainda não foram beneficiados por recursos da União via essa comissão nacional.
Espera-se o esforço de todos e a sensibilidade do Governo Federal pois são projetos de suma importância para a manutenção dos pomeranos como um dos povos mais tradicionais deste país”.

Fonte: Comunicação CONAQ

Sobre O IILP

Objetivos fundamentais: a promoção, a defesa, o enriquecimento e a difusão da língua portuguesa como veículo de cultura, educação, informação e acesso ao conhecimento científico, tecnológico e de utilização oficial em fóruns internacionais
Esta entrada foi publicada em Notícia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s