Anunciamos que este blogue é um repositório de informações sobre a língua portuguesa, e que os conteúdos não são todos da responsabilidade do IILP.

Nota | Publicado em por

OIT e CPLP reafirmam a importância do plurilinguísmo como fator de progresso

MuragyMurade Murargy, Secretário-Executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), e Guy Ryder, Director-Geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT) reforçam o compromisso para a continuação da parceria oficializada a 19 de Novembro de 2004, em torno de objetivos comuns.

No 10º aniversário da assinatura do Memorando de Entendimento entre as duas Organizações, começa  um período de celebrações que se prolonga até agosto de 2015, através da concretização de pelo menos uma iniciativa conjunta todos os meses.

OIT e CPLP reafirmam a importância do plurilinguísmo como factor de progresso e de paz e como elemento determinante do desenvolvimento das relações multilaterais e da democracia internacional.

O “Memorando de Entendimento” é um acordo de ordem geral. Trata-se de um instrumento que permite promover a língua portuguesa no seio da OIT e enquadrar futuros Protocolos entre as duas Organizações com vista ao desenvolvimento de programas conjuntos em áreas de interesse comum. Do lado da Organização Internacional do Trabalho, a elaboração e a implementação desses Protocolos será impulsionada pelo seu Escritório em Lisboa que tem exactamente como um dos seus eixos estratégicos de intervenção ser um interface entre a OIT e o mundo que fala português.

Já no próximo dia 2 de Dezembro, vai decorrer o lançamento da publicação “A Cooperação Sul-Sul e Triangular na CPLP: boas práticas na proteção social e no combate ao trabalho infantil”, na sede da CPLP.

A CPLP e a OIT fixaram o desejo conjunto de contribuir para um crescimento económico sustentável e para o desenvolvimento de todos os seres humanos, em condições de liberdade, equidade, segurança e dignidade humana.

Fonte: OIT Lisboa
Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Interacção entre comunidades locais acontece apenas a nível básico

estudantesUm estudo de uma docente do Instituto Politécnico de Macau (IPM) e doutoranda da Universidade de Macau, tenta explicar a existência de um fosso entre as comunidades chinesa e portuguesa, onde se demonstra que a língua é o fator mais decisivo para isso. Saiba mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos é traduzida para o português

images (7)A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República do Brasil divulgou no último dia 18, em solenidade na Capital Federal, a tradução para o português da jurisprudência da Corte Interamericana de Direitos Humanos.

O material compreende decisões nas mais diversas áreas dos Direitos Humanos, como o direito à vida, povos indígenas, combate à discriminação, liberdade de expressão e imigração, entre outros.

Por iniciativa do Ministério da Justiça, o material será distribuído em escolas, universidades e entre operadores do Direito. O objetivo é difundir a legislação para facilitar sua assimilação por toda a sociedade brasileira. O Brasil é signatário da Convenção Interamericana de Direitos Humanos.

“O fato dos operadores de direito passarem a conhecer a jurisprudência da Corte, facilitará a consolidação dos direitos humanos no Brasil”, afirmou Claudinei Nascimento. O presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos, Humberto Antonio Sierra Porto, expressou posição semelhante: “Se não se conhecem os direitos, não há como segui-los. É como se não existissem.”

Fonte: justificando.com
Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Professor em Estocolmo

estocolmo

Encontra aberta uma vaga para Docente de Estudos Portugueses, a exercer funções no Departamento de Estudos Românicos e Clássicos da Faculdade de Ciências Humanas ,da Universidade de Estocolmo,  em acumulação com a coordenação do Centro de Língua Portuguesa (CLP) do Camões, I.P., em Estocolmo. Para saber mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

BOLSAS CRIAR LUSOFONIA

lingua portuguesaO concurso Criar Lusofonia tem por objetivo a atribuição de bolsas no domínio da escrita, para estadas em países da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa. As candidaturas decorrem até ao dia 30 de dezembro.

Pretende-se criar oportunidades de contato aprofundado com outros países lusófonos aos escritores/investigadores de língua portuguesa, a fim de produzirem uma obra destinada à divulgação no espaço lusófono.

A edição 2013-2014 do concurso é patrocinada pela Secretaria de Estado da Cultura / Direção Geral do Livro e das Bibliotecas e gerida pelo Centro Nacional de Cultura (CNC).

Serão instituídas duas bolsas de criação/investigação literária que permitirão estadas de quatro meses em Portugal ou num dos outros sete países lusófonos.

Saiba mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Português ganha força na Comissão Mista

20141117-01fNa sua terceira reunião, a Comissão Mista RAEM-Portugal decidiu criar uma subcomissão sobre “Língua Portuguesa e Educação” e realizar, no primeiro semestre de 2015. Saiba mais, clique aqui

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Festival de Cinema da Língua Portuguesa recebe filmes

FESTin20131Estão abertas até o dia 15 de dezembro as inscrições para o 6º FESTin – Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa. O evento, que acontece na cidade de Lisboa, em Portugal, entre os dias 8 e 15 de abril de 2015, recebe filmes dos nove membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa: Brasil, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

O FESTin é composto por três categorias competitivas: curtas-metragens de ficção, de até 25 minutos; longas-metragens de ficção, com no mínimo 70 minutos; e documentários de longa duração. O festival conta ainda com as mostras não competitivas de Cinema Brasileiro, Inclusão Social e Mostra Infanto-Juvenil; País Convidado; Homenagem a um país membro da CPLP e outras mostras designadas pela direção.

Ao final do evento, serão designados pelo júri seis prêmios: melhor longa-metragem, melhor ator, melhor atriz, melhor realizador, melhor curta-metragem e melhor documentário de longa duração, além de menções honrosas em qualquer categoria. O público também escolherá, por meio de voto, os melhores longa, curta e documentário.

Mais informações no site festin-festival.com

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário