Anunciamos que este blogue é um repositório de informações sobre a língua portuguesa, e que os conteúdos não são todos da responsabilidade do IILP.

Nota | Publicado em por

Ministério da Cultura vai investir no setor audiovisual da CPLP

imagesO Ministério da Cultura Brasileiro (MinC) vai investir no setor audiovisual da Comunidade dos Países de Língua Portuguessa (CPLP). Segundo a secretária executiva do ministério, Ana Cristina Wanzeler, os recursos serão usados em três ações: DOCTV, FICTV e Nossa Língua. A secretária representou a ministra da Cultura, Marta Suplicy, nessa quarta-feira (29) à noite, na entrega do Prêmio Camões ao escritor, poeta e historiador Alberto da Costa e Silva, no auditório da Fundação Biblioteca Nacional, no centro do Rio. Ela anunciou a concessão de premiação em dinheiro aos países-membros da CPLP.

Ana Cristina Wanzeler leu o texto com que Marta Suplicy abriria a cerimônia. A ministra lembrou que no ano que vem serão celebrados os 40 anos de independência de diversos países africanos e que em 2016 serão comemorados 20 anos de criação da CPLP. “O programa vai permitir a retomada da pauta do audiovisual dentro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, destacou a mensagem.

De acordo com o MinC, o Brasil e Portugal se comprometeram a aplicar o equivalente a R$ 10 milhões, sendo que governo brasileiro, por meio de gestões da Secretaria do Audiovisual e da Agência Nacional de Cinema vai liberar R$ 7 milhões para o programa no biênio 2015/2016.

O DOCTV CPLP vai ser um documentário de 26 minutos em cada um dos países da comunidade lusófona. O FICTV , programa de fomento ao deseolvolvimento , produção e teledifusão de obras de ficção da CPLP, vai selecionadr projetos dos países integrantes para um telefilme de 52 minutos. O Nossa Língua vai organizar uma faixa de programação semanal de 60 minutos determinada para a exibição de documentários de origem dos países da CPLP.

Fonte: EBC
Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Apresentação do livro comemorativo dos 18 anos da CPLP

Convite_Mail-1

Imagem | Publicado em por | Deixe o seu comentário

Petrolífera norueguesa adota português como língua oficial

downloadA Statoil, com sede na Noruega, vai passar a disponibilizar toda a documentação oficial em norueguês, inglês e português. 

A multinacional, com sede na Noruega, é uma das grandes referências mundiais da indústria petrolífera. Segundo o Observatório da Língua Portuguesa, a empresa atua na produção de petróleo, gás e biocombustíveis, tem operações em 36 países do mundo – incluindo Angola e Brasil – e conta com cerca de 23 mil funcionários.

Este ano, a Statoil foi considerada pela revista Forbes como a décima maior empresa de petróleo e a 26.º multinacional mais lucrativa.

Fonte: Diário de Notícias PT
Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Mundus21 está no ar

10392272_510533672383556_5597015208711728576_n

Lançado o Canal Mundus21, um canal de televisão na Web direcionado para difundir a cultura produzida por todos os países e comunidades de língua portuguesa espalhados pelo mundo, e que pretende reunir vídeos de produção cultural em língua portuguesa e formar a maior base de dados mundial nesta área, disse à Lusa a diretora-geral, Analisa Costa Reis.

O ‘Mundus21′, que funcionará na internet através do endereço www.mundus21.com, vai funcionar com base em produção própria e em conteúdos que podem ser enviados por qualquer pessoa. “Qualquer pessoa pode enviar conteúdos, nós iremos divulgá-los. Tem de ser vídeos culturais em língua portuguesa”, afirmou Analisa Costa Reis, que referiu que o único critério de seleção é a qualidade dos vídeos.

O projeto pretende ser “uma oportunidade para os agentes culturais poderem divulgar o seu trabalho”, indicou, acrescentando: “Há artistas que são extremamente conceituados no seu país, mas noutra parte do mundo ninguém ouviu falar deles. Isto é uma oportunidade para se mostrarem”.

Outro segmento a ser contemplado no canal será a educação, com a disponibilização de dezenas de cursos de ‘e-learning’, numa parceria com a Universidade da Beira Interior.

Fonte: Diário Digital
Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

“Juntos contra a fome”

unnamed (6)
A mostra de Artistas Plásticos solidários à Campanha CPLP “Juntos contra a Fome” está reunindo na sede do IILP os pintores cabo-verdianos Mizá, Celestino, Leno Barbosa, Paulo Rosa e o artista plástico senegalês Ala Trantri, para uma exposição-venda de suas obras.

Esta exposição irá permanecer na Casa Cor-de-Rosa, em Praia,  entre os dias 24 a 30 de outubro próximo, e parte do valor arrecadado com a venda dos quadros será revertido para a Campanha “Juntos contra a Fome”. Participe.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

O português como língua oficial em Timor-Leste

Acompanhe o que disse o ex-presidente timorense José Ramos Horta, durante a conferência “Challenges to PeaceMaking and Peacebuilding in Asia”,  quando questionado sobre a escolha de Português e Tétum como línguas oficiais.

 

 

A Transcrição da fala para o português encontra-se disponível aqui .

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário

Um Camões mais russo, com Os Lusíadas

images

Por José Milhazes*

A primeira tradução de Os Lusíadas para russo estava pronta em 1940, na Leninegrado cercada pelos nazistas. O tradutor morreu no cerco e só hoje, mais 70 anos depois, o épico de Camões chega às livrarias.

A sala da Biblioteca de Línguas Estrangeiras de Moscovo foi pequena para receber tanta gente, principalmente jovens, que  participaram, no último dia 14,  da cerimónia de lançamento da primeira tradução poética para russo de Os Lusíadas.

Esta foi a primeira tradução integral do poema épico de Camões para russo, mas não foi a primeira edição dessa obra em russo por motivos trágicos. A primeira edição de Os Lusíadas, traduzidos por Olga Ovtcherenko, foi publicada nos anos de 1980, enquanto que a tradução de Mikhail Travtchetov foi feita nos anos de 1920 e 1930, mas só chegou aos leitores agora.

Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe o seu comentário